Acompanhamento Terapêutico: Há Várias Maneiras de Ser Acompanhante Terapêutico?


Você compartilha o bem?

Formação Terapeuta | Desenvolvimento Pessoal | Produtividade | Supervisão | Área AT

Formação Terapeuta | Desenvolvimento Pessoal | Produtividade | Supervisão | Área AT

Acompanhamento Terapêutico: Há Várias Maneiras de Ser Acompanhante Terapêutico

Oi! Este é o 3º trecho da aula ao vivo sobre o Acompanhamento Terapêutico (AT) que ministrei via Facebook.

No vídeo acima falo que ainda nãoLei Federal do Acompanhamento Terapêutico. 

Com isso, ainda estamos criando várias maneiras de ser acompanhante terapêutico (at).

Ao meu ver o Acompanhamento Terapêutico pode ser pensado como uma prática clínica que pode ir além do tratamento da esquizofrenia, da bipolaridade, da depressão grave, do autismo.


Há várias formas de atendimento de sujeitos que não apresentem uma alteração grave.

Depois de ver o material acima, lembre de deixar os seus comentários aqui. Ok?

Clique no link a seguir se você quiser fazer um curso totalmente grátis e on-line de introdução ao Acompanhamento Terapêutico.

Se você já fez o nosso curso grátis e agora quer entrar na formação avançada de formação de terapeutas sem fronteiras: “A Clínica do AT” (com certificado) é só ver se as vagas estão abertas agora mesmo (são poucas turmas no ano, pois damos tutoria em, no máximo, 48 horas).

Té +!

Psicólogo Alex Tavares.

Formação Terapeuta | Desenvolvimento Pessoal | Produtividade | Supervisão | Área AT