Psicologia On-Line: Atendimento Via Internet


Você compartilha o bem?

Saiba Como Trabalhar Com a Psicologia On-line: Ética e Científica!

Psicologia On-Line: Atendimento Psicológico a Distância (Psicoterapia via Internet)

Nesse artigo você vai aprender, de forma rápida e objetiva:

  • O que é psicologia a distância (on-line, via internet, mediada por computador).
  • Quais são as áreas em que a Psicologia a distância atua.
  • Como é feito o atendimento via internet.
  • Se é obrigatório que o paciente (sempre) acesse a internet junto com o psicólogo.

1. O que é Psicologia on-line, Psicologia a distância (Psi AD) ou serviços psicológicos mediados por computador?

São intervenções breves realizadas pelo psicólogo, de forma “não presencial” (via on-line) e pautadas em critérios científicos.

Os atendimentos podem ser pontuais ou extensos.

Podem ter função informativa, de orientação, de avaliação ou até psicoterapêutico (tratamento on-line).

Esse tipo de atendimento não tem limites do número de sessões.

2. Quais são as áreas em que a Psicologia a distância trabalha?

Atualmente, o campo de trabalho on-line do psicólogo circula nas seguintes áreas: psicoterapia e atendimento via internet, orientação psicológica, afetivo-sexual, profissional, de aprendizagem e Psicologia escolar, ergonômica, consultorias a empresas, reabilitação (cognitiva, ideomotora e comunicativa), processos prévios de seleção de pessoal, utilização de testes psicológicos informatizados, softwares informativos, educativos com resposta automatizada, etc.

3. Como é feito o atendimento via internet?

Primeiro, antes de iniciar a intervenção propriamente dita, o paciente deve ser informado sobre as diferenças entre “Psicoterapia presencial” (no consultório) e “Orientação Psicológica on-line” (via internet).

Depois são explicados os riscos e os benefícios do serviço on-line.

A seguir, ocorre uma “análise da demanda” do paciente e a identificação dos melhores meios de contato on-line.

Após, é feita a escolha da forma de contato e do suporte de comunicação virtual (ex.: Whats, Skype, GoogleTalk) é agendado o início da intervenção com o uso da Psicologia via internet (usando de métodos de segurança digital – ex.: senhas, antivírus, antispyware, antimalwares, etc.).

4. O paciente deve (sempre) acessar a internet junto com o psicólogo?

Não necessariamente. Isso depende da necessidade do paciente e do contrato de intervenção (ex.: forma de contato).

Se o contato for sincrônico (“comunicação instantânea” – ex.: Skype, GoogleTalk) é agendado um dia e horário para acesso simultâneo (do psicólogo e do paciente), pois eles devem estar juntos (ao mesmo tempo) no sistema de comunicação virtual.

Se a intervenção for assincrônica (“comunicação espaçada”, em horários e dias diferentes – ex.: e-mail) o paciente envia suas questões e o psicólogo responde, no máximo, após sete dias.

Autor: Alex Tavares.