Crianças e Adolescentes Também Sofrem com a Ansiedade e a Acupuntura Pode Ajudar 1


Você quer compartilhar?
 

ÚLTIMA FORMAÇÃO DE 2018 PARA TERAPEUTAS SEM FRONTEIRAS!

 

acupuntura-efetiva-tradicional-cientificica-curso-formacao-online-certificado-mp3-garantia-jogos-virtuais-quiz-portaldr-alex-tavares (13)

Crianças e Adolescentes Também Sofrem com a Ansiedade e a Acupuntura Pode Ajudar

Autor: Alex Sandro Tavares da Silva

A ansiedade (ou o grupo dos “transtornos de ansiedade”) é uma das alterações psicológicas que, cada vez mais, vem sendo uma importante queixa das pessoas que buscam auxílio dos profissionais da saúde, inclusive as crianças e os adolescentes estão, cada vez mais, sofrendo desse transtorno.

A nossa sociedade vem fazendo cobranças de desempenho cada vez maiores aos nossos jovens. Os pais já escolhem a escola fundamental (de 1º Grau) pensando na preparação do filho para o vestibular da Universidade… alguns já pensam nisso no “jardim de infância”.

As cobranças do nosso “capitalismo” de todas as ordens passam a gerar um nível de preocupação nas crianças e adolescentes e alguns chegam a ser diagnosticados com algum rótulo dos “transtornos de ansiedade”.

O termo “transtorno de ansiedade” na verdade agrupa um grande número de possíveis alterações ansiosas, por exemplo: pânico, fobia, TOC, estresse, ansiedade generalizada, etc.

Os sintomas da ansiedade são bastante variáveis, mas, de modo geral, identificamos a presença de pensamento negativos relacionados a vivência de uma situação (real ou imaginária) que é interpretada como geradora de um grande desconforto (ou catástrofe).

acupuntura-efetiva-tradicional-cientificica-curso-formacao-online-certificado-mp3-garantia-jogos-virtuais-quiz-portaldr-alex-tavares (2)

Por isso, dizemos que a ansiedade é “prima do medo”. Também ocorre a presença de um nível elevado de nervosismo, tensão muscular, tremor, sudorese, sensação de “vazio na cabeça”, aceleração do ritmo cardíaco, tontura, alterações estomacais (azia, gastrite) e intestinais (prisão de ventre, diarréia).

A ansiedade pode ser tratada de forma muito efetiva, inclusive sem o uso de remédios. Por exemplo, com o uso da Psicoterapia Cognitiva o psicólogo clínico irá identificar os pensamentos negativos (ex.: a prova será terrível; vou ser atacado na escola; não sei lidar com os meus professores). Essa atenção, por parte do psicólogo, aos pensamentos negativos se dá pelo fato de que eles geram várias alterações simultâneas no nosso humor (ansiedade, tristeza, angústia), comportamento (isolamento, agitação) e reações fisiológicas (sudorese, taquicardia), em um “ciclo” que pode levar ao estresse, a crise de ansiedade, podendo chegar ao ataque de pânico e até ao transtorno do pânico.

Essas alterações, quando vividas por muito tempo e/ou de forma muito intensa, podem afetar negativamente as relações familiares, o trabalho e os estudos.

Importante destacar que a Acupuntura também vem se mostrando, com o passar das avaliações científicas, como uma importante estratégia de tratamento da ansiedade, inclusive com o reconhecimento da “Organização Mundial da Saúde” (OMS), que agrupou pesquisas que comparam a Acupuntura clínica com o uso de remédios; os resultados mostraram que a Acupuntura é mais eficaz que os remédios no tratamento da ansiedade, com a vantagem de não causar dependência.

Também desenvolvi algumas pesquisas científicas para avaliar a Acupuntura clínica com o uso de testes psicológicos validados pelo “Conselho Federal de Psicologia” (CFP) e no quesito ansiedade encontrei dados que indicaram uma melhora média de 54,63%; o melhor resultado chegou a 84,62% de melhora da ansiedade com apenas 10 sessões de Acupuntura (1 por semana).

Aqui vão algumas dicas para tentar diminuir a sua ansiedade (antes de buscar tratamento):

  • Inicie a prática de atividades físicas (com orientação de profissional qualificado).
  • Tente criar momentos de lazer no seu cotidiano (caminhar, conversar, ir ao teatro, cinema).
  • Reserve um tempo para “desacelerar gradualmente” (escutar a sua música preferida, ler um livro).
  • Diminua a velocidade das suas atividades (evite comer e beber rápido).
  • Tente não executar várias atividades simultaneamente (comer enquanto lê, vê TV, escuta o rádio… tudo ao mesmo tempo).
  • Preste atenção em cada coisa que você faz (aproveite cada gole de água, sinta o gosto da comida, o toque carinhoso, o cheiro das coisas boas).

Por fim, lembre que nossos pensamentos são “fabricados” a todo instante (por nós e pelos outros) e, se são “fabricados”, podem estar errados algumas vezes. Não acredite que todo “pensamento trágico” é uma “tragédia real”. Às vezes erramos!

Tente avaliar os seus “pensamentos negativos” antes de acreditar cegamente no que passa na sua cabeça.

Autor: Alex Sandro Tavares da Silva.

 

area-de-membros-acupuntura-efetiva-tradicional-cientificica-curso-formacao-online-certificado-mp3-garantia-jogos-virtuais-quiz-portaldr-alex-tavares

Crianças e Adolescentes Também Sofrem com a Ansiedade e a Acupuntura Pode Ajudar
5 (100%) 29 votes

 

ÚLTIMA FORMAÇÃO DE 2018 PARA TERAPEUTAS SEM FRONTEIRAS!

 

Um pensamento em “Crianças e Adolescentes Também Sofrem com a Ansiedade e a Acupuntura Pode Ajudar

Os comentários estão desativados.